O seu carrinho de compras está vazio!

Carlos Artur de Morais

Jornalista, trabalhou no Diário de Lisboa, no suplemento A Mosca, no jornal Nô Pintcha e na revista O Militante.
Antropólogo, lecionou Semiologia na Universidade Nova de Lisboa.

 

Outros trabalhos:

 

N sta li, N sta lá - livro de adivinhas. Edição bilingue criol-português. Cooperativa Domingos Badinca dos Trabalhadores da Imprensa, Imprensa Nacional de Bolama, Bolama, 1979. (em co-autoria com Teresa Montenegro).

 

Junbai - stórias de bolama e do outro mundo.  Edição bilingue criol-português. Departamento de Edição do Livro e do Disco, Bolama, 1979. (em co-autoria com Teresa Montenegro).

 

“Uma primeira interrogação em crioulo à cultura popular oral”, in África, 6, Lisboa, 1980. (em co-autoria com Teresa Montenegro).

 

“Fiju di mandiple”, in África, 9, Lisboa, 1981. (em co-autoria com Teresa Montenegro).

 

“Três provérbios em crioulo: uma aproximação à universalidade dos ditos”, in África, 11, Lisboa, 1981. (em co-autoria com Teresa Montenegro).

 

“Para a história da ficção na Guiné-Bissau: a ideologia e os donos do mito na narrativa oral”, in Revista Internacional de Estudos Africanos, 3, Lisboa, 1985, pp. 131-146. (em co-autoria com Teresa Montenegro).

Publicações Recentes

Memórias SOMânticas
Ema Vem Todos Os Anos
Dois Tiros e Uma Gargalhada
IMF no Palácio do Governador